Como o incentivo da indústria naval alemã influenciou a primeira guerra mundial?

Como o incentivo da indústria naval alemã influenciou a primeira guerra mundial?
Como o incentivo da indústria naval alemã influenciou a primeira guerra mundial?

Quando falamos sobre a Primeira Guerra Mundial, é comum a gente não conseguir entender muito bem como uma coisa levou a outra e por isso, entender como o incentivo da indústria naval alemã influenciou a Primeira Guerra Mundial pode nos ajudar a compreender todos os motivos que levaram estes países a entrar em guerra!

Se você deseja saber mais sobre como foi o início da primeira guerra mundial, acompanhe abaixo nosso artigo!

O incentivo da indústria naval alemã antecedente a Primeira Guerra Mundial

A indústria naval alemã sempre esteve “preparada” de certa forma para uma guerra pois desde 1906 a Alemanha já havia encomendado mais de 1500 submarinos, sendo esta uma forte estratégia de guerra. 

O incentivo da indústria naval alemã antecedente a Primeira Guerra Mundial
Incentivo da indústria naval. Fonte/Reprodução: original.

Para compreender como o incentivo da indústria naval alemã influenciou a Primeira Guerra Mundial é importante compreender que durante essa fase, todos os países da Europa estavam passando pela fase chamada de “corrida industrial” onde cada país queria provar a sua potência como nação ao fabricar máquinas e utensílios de guerra. Nisso, a Alemanha coordenava a parte de fabricação de u-boats que eram os submarinos utilizados em guerra. 

Durante a Primeira Guerra Mundial, haviam cerca de 380 U-boots na Marinha Kaiserliche antes e durante a guerra. 

Alfred von Tirpitz  e a Marinha Alemã 

Alfred Von Tirpitz foi nomeado como secretário de Estado da marinha alemã em 1893 tendo sido então criada, em 1900, a chamada Armada Alemã. O que acontece é que este homem era muito íntimo do Kaiser e por isso, tinha certo prestígio político. 

Muita coisa estava acontecendo e a segunda revolução industrial pressionava os países europeus a fim de criarem mais fábricas e aumentarem a demanda. 

O incentivo da indústria naval alemã teve um papel fundamental pois ajudou a Alemanha a se preparar melhor para uma possível guerra devido à abundância de armamento marinho a seu dispor.

Corrida armamentista naval

Nisto, devido à competição entre os países europeus para ver “quem tinha maior poder na revolução industrial” surgia também a famosa “ paz armada” onde cada país aumentava consideravelmente o seu poder bélico sem contudo anunciar uma “guerra”. Nisso, a corrida armamentista naval era a competição entre os países europeus sobre quem tinha mais poder de guerra submarina e a Alemanha possuía esse poder devido ao o incentivo da indústria naval alemã. 

Os submarinos Alemães 

Devido ao incentivo da indústria naval alemã, os submarinos alemães serviram como um forte armamento durante a Primeira Guerra Mundial. Muitos submarinos haviam sido feitos os quais tinham nomenclaturas para definir suas funções. Haviam quatro submarinos alemães denominados U-1, U-52, U-3 e U-4 que foram encomendados desde antes de 1910 e serviram como armamento durante a guerra. Cada u-boot havia uma designação diferente. 

Os submarinos Alemães 
Conheça os submarinos alemães. Fonte/Reprodução: original.

Os URB eram utilizados como submarinos para ataque costeiro. 

Os UC eram utilizados como submarinos costeiros que lançavam minas.

Tudo isto fez com que a Alemanha fosse a principal responsável pela guerra ou pelo seu fomento, pois foi também o último país a se render e no tratado de Versalhes.   

Se você quer saber mais sobre a Primeira Guerra Mundial, continue acompanhando nossos artigos!

GOSTOU?! COMPARTILHE AGORA!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Wanderson Queiróz

Wanderson Queiróz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias populares

Leia também