O que foi a Revolução de Outubro de 1917?

O que foi a Revolução de Outubro de 1917?
o que foi a revolução de outubro de 1917

A Revolução de Outubro de 1917, ou a Revolução Bolchevique, é historicamente entendida como a consequência de levantes e conflitos sociais na Rússia devido a uma falta de capacidade seja de quem estivera no poder nesse processo, como o último czar Nicolau II ou os que compunham o Governo Provisório.

O leitor já deve se adiantar que a Rússia não tinha capacidade nem para participar da Primeira Guerra Mundial, quanto mais sair dela, bem como outros fatores não executados fielmente como a economia, distribuição de terras aos camponeses, acabar com a fome sentida pela população russa.

Diante disso, tais levantes ganharam a cena devido ao intrigante pensamento socialista para a Revolução de outubro de 1917.

Assim, hoje, nosso artigo visa mostrar ao leitor, que se confunde e acha essa história muito
“russa” para entender, como que a partir de tempos anteriores à Revolução de outubro de 1917 foram importantes para os rumos do novo contexto político russo.

Fique ligado, portanto, pois iremos abordar separadamente o que foi essa Revolução de Outubro de 1917, principais atores, quais as fases, o que acontecia na Rússia de fato para chegarmos até esse ponto.

Continue com a leitura!

O que foi a Revolução de Outubro de 1917 na Rússia?

Foi precisamente um período de duas fases, com revoluções separadas mas que tiveram a ação por motivos que já calejavam a população russa.

o que foi a revolução de outubro de 1917 na rússia
Fonte/Reprodução: original

Antes, portanto, de partir para os detalhes da Revolução de Outubro de 1917, tenha em mente que se trata de uma linha de acontecimentos que só se esgotaram naquele fevereiro de 1917.

Por enquanto, vejamos por exemplo, a definição e aspectos dos sovietes e o que foi o controle operário ー dois termos de destaque para você entender o que deu engrenagem à Revolução de outubro de 2017.

Sovietes

Os sovietes eram protagonistas de conselhos ou assembleias de trabalhadores, como operários, camponeses e soldados, que apareceram pela primeira vez em 1905 mas se constituíram novamente em fevereiro de 1917.

Eles falavam e agiam em nome dos operários, os quais não eram contemplados pela autocracia czarista. Mais tarde, em ocasião da Revolução de outubro de 1917 ajudariam os revolucionários nessa tomada do poder.

Controle Operário

Os trabalhadores que falamos aqui conseguiram desenvolver seus próprios conselhos no interior das fábricas abandonadas ou em regimentos militares.

Para o efeito da Revolução de outubro de 1917, eles passaram a conscientizar mais uma vez os que estavam à frente da produção.

Cada ação deles levou os trabalhadores a reivindicarem melhores condições de trabalho e tomarem o controle operário dentro das fábricas e empresas.

O apoio Bolchevique as reivindicações populares

Outras reivindicações dos populares na Rússia foram:

  • A problemática distribuição de terras após inúmeros soldados abandonarem suas batalhas da Primeira Guerra Mundial;
  • O frio;
  • A fome, e,
  • A inexistência de uma razão para os soldados continuarem na guerra.

Toda esta situação de causas populares foi claramente defendida pelos bolcheviques ao ponto de até mesmo criarem grupos paramilitares para isso como uma força a mais na Revolução de outubro de 1917.

A Guarda Vermelha

Após algumas tentativas de golpe de Estado, os bolcheviques e a então renovada Guarda Vermelha ganharam força e começaram por tomar prédios públicos até chegarem ao Palácio de Inverno no antigo Petrogrado.

O que acontecia no governo Russo antes da revolução?

Antes da Revolução de outubro de 1917, a Rússia era Czarista ー modelo particular de poder com uma monarquia absolutista mas bem autocrática.

Esse sistema russo dava ênfase na produção agrícola feudal, mas já vislumbrava a primeira fase de industrialização. Foi Nicolau II, o último Czar, o facilitador da chegada das grandes indústrias através de capitais estrangeiros.

o que acontecia no governo russo antes da revolução
Fonte/Reprodução: original

Contudo, tal infra-estrutura que tomava o cenário da Rússia moderna contemplava somente os centros urbanos populosos, sem falar na exploração da classe trabalhista.

Com isso, não teve outra reação popular senão o fortalecimento socialista perante as más condições de trabalho.

Revoltas violentas nas ruas eram inevitáveis, mas apenas fizeram com que o último Czar também reagisse com violência. Nesse meio tempo, ainda aconteceu aquela derrota humilhante na guerra Russo-Japonesa.

Um estopim para a iminente Revolução de outubro de 1917, digamos assim, foi a marcha coletiva que se dirigiu ao palácio, sendo simplesmente baleada pela guarda imperial.

E isso, ainda em 1905. Um fatídico dia que ficou conhecido como o Domingo Sangrento.

Fases da revolução

Depois do Domingo Sangrento, a revolução de outubro de 1917 de fato se organizou, como falamos anteriormente, em duas fases:

  • Revolução de Fevereiro – ou Revolução Branca, marcou o fim da monarquia e o começo do Governo Provisório juntamente com Assembleia Constituinte de cunho liberal;
  • Revolução de Outubro de 1917 – chamada também de Revolução Vermelha ou Bolchevique, na qual o Partido Bolchevique, com seu ideal socialista moderado (Teses de Abril, por Vladimir Lênin), derruba Governo Provisório e fechou a Assembleia.

Vale lembrar que há uma grande relação entre o novo poder com reformas políticas, medidas sociais contra a miséria no país e a saída da Primeira Guerra Mundial.

O governo provisório

Em conjunto com a Revolução Branca, lá em fevereiro daquele ano, soldados e trabalhadores se vestiram de vermelho e dominaram o palácio de reuniões da Duma. Isso acirrou os conflitos entre as autoridades e conselheiros do último Czar.

Pressões de todos os lados enfraqueceram Nicolau II. Ele assinou sua abdicação, seu irmão rejeitou o passe do bastão e o Governo Provisório se estabeleceu.

A então Revolução de outubro de 1917, deu espaço para Lênin governar um povo que se identificava com as Teses de Pão, Paz e Terra.

O que ocasionou a revolução Russa?

Agora, vamos refrescar a memória e pontuar as causas da Revolução de outubro de 1917:

  • Modelo agrário feudal, ou economia atrasada;
  • Industrialização tardia e exploratória;
  • Concentração da riqueza na aristocracia;
  • Derrota na Guerra Russo-Japonesa;
  • Primeira Guerra Mundial;
  • Pobreza e fome;
  • Monarquia incapaz;
  • Governo dividido;
  • Repressão popular, com destaque para o Domingo Sangrento.

Em seguida, é claro, as consequências da Revolução de outubro de 1917 são:

  • Queda da Monarquia;
  • Governo Provisório, mas limitado pelos Sovietes;
  • Coletivização do campo;
  • Rússia sai da Primeira Guerra Mundial;
  • Guerra Civil;
  • União Soviética (URSS).

Revolução de Outubro de 1917 , ou levante Russo, é um tópico da história mundial que desperta grande interesse dos estudantes, simpatizantes pela formação do que foi a URSS e o que é hoje a Rússia.

GOSTOU?! COMPARTILHE AGORA!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Wanderson Queiróz

Wanderson Queiróz

3 comentários em “O que foi a Revolução de Outubro de 1917?”

Deixe um comentário

Categorias populares

Leia também