O que é o Imperialismo e como se apresentou na 1ª Guerra?

O que é o Imperialismo e como se apresentou na 1ª Guerra?
o que é o imperialismo e como se apresentou na 1ª guerra

O que é o Imperialismo é um assunto que cai bastante no Enem e demais vestibulares, principalmente por movimentar as potências participantes da Primeira Guerra Mundial. E é sobre isso que iremos falar neste conteúdo!

O imperialismo foi um conflito em larga escala em 1914 até 1918, tendo grandes potências da Europa envolvidas. Vale lembrar, é claro, que outros continentes e países ao redor do globo também estiveram, já que tinham alguma ligação com essas potências e com o imperialismo.

Então, muito se estuda sobre o período, ainda mais antes dele. Também toda a conjuntura que levou ao conflito. O Imperialismo ocorreu durante o século XIX e influencia de forma indireta a primeira Grande Guerra, que aconteceu no século XX, durante os anos de 1914 a 1918.

Saiba o que é o Imperialismo, como surgiu e como se apresentou na 1ª Guerra Mundial, bem como em todo o mundo, nessa leitura interessante!

O que é o Imperialismo?

O primeiro ponto para o que é o imperialismo é saber que se trata de um sistema político-econômico unicamente para o bem de um país se expandir, ir além de seus limites. Nós vemos muito o que é o imperialismo, através da tomada de controle de outros países ou territórios no século passado.

o que é o imperialismo
Fonte/Reprodução: original

A Primeira Guerra Mundial, então, foi a expressão maior do imperialismo, onde houve disputas entre as potências europeias pelo controle de territórios e pela dominação mundial.

O Imperialismo europeu na 1ª Guerra Mundial

O que é o imperialismo europeu na Primeira Guerra Mundial está ligado a uma situação em que os potentes Estados ali competiram entre si para controlar áreas do mundo fora da Europa.

Os países mais ricos e poderosos, como a Alemanha, a França e o Reino Unido, tinham mais facilidade para dominar outros países. Essa verdade resultou em guerras entre eles e também nas colônias. Logo, a Primeira Guerra Mundial foi uma das consequências do imperialismo europeu.

O Nacionalismo

O nacionalismo é um sentimento ou ideologia que promove a união de um grupo de pessoas com uma identidade de nação, sempre com a preservação de sua cultura e interesses. E como isso se relaciona com o que é o imperialismo?

Saber sobre o nacionalismo e o que é o imperialismo é muito importante, basicamente porque ambos surgem no mesmo contexto dentro da Europa. E o contexto desse estudo se deve ao fato da expansão industrial estar a todo vapor ali entre o fim do século XIX e as primeiras décadas do século XX.

Ou seja, para entender o que é o imperialismo, saiba que o nacionalismo puxou a corda em meio às Revoluções Industriais, junto das lutas pela independência de vários países.

As rivalidades

As rivalidades são parte de um fato que infelizmente ocorreu, no imperialismo e em relação ao nacionalismo, aqueceu os rivais e deu forças que levaram à Primeira Guerra Mundial.

A Europa Ocidental era dividida em duas alianças rivais: a Triple Entente, que incluía a França, o Reino Unido e a Rússia, e a Triple Aliança, que incluía a Alemanha, a Áustria-Hungria e o Império Otomano.

EUA ficaram do lado da Triple Entente devido à sua relação comercial com a Grã-Bretanha e à sua oposição à expansão da Alemanha.

Aliás, os Estados Unidos também atuam no estudo de o que é o imperialismo na 1ª Guerra Mundial, uma vez que eram um país emergente na época e queriam ter mais influência no mundo.

Principais características do Imperialismo

Para isso, você pode entender, primeiramente, que o final do século XIX estava em foco com o aumento das relações de poder entre as nações.

Nesse período, as grandes potências europeias expandiram o imperialismo além de suas fronteiras, para aumentar seu poderio econômico e militar. As principais características e o que é o imperialismo são:

  • Acumulação de capital;
  • Aumento das desigualdades sociais;
  • Busca por novos mercados;
  • Concorrência entre as nações.

Nós explicamos não somente o que é o Imperialismo, mas também suas características.

Acumulação de capital caracteriza o que é o imperialismo

O capital é o principal motor para o imperialismo. As grande nações buscavam constantemente novos mercados para expandir seus negócios e aumentar seus lucros.

Isso nos leva à o que é o imperialismo como a conquista de novos territórios e à exploração dos recursos naturais desses lugares.

O aumento das desigualdades sociais caracteriza o que é o imperialismo

Este conceito nos revela que o capitalismo cria uma sociedade dividida entre ricos e pobres. Essa divisão levou à Revolução Russa de 1917, por exemplo.

A busca por novos mercados caracteriza o que é o imperialismo

As grandes potências europeias estão sempre em busca de novos mercados, como já mencionamos. Obviamente, essa característica sobre o imperialismo ajuda a entender não somente o que é o imperialismo, mas também como as potências conquistaram novos territórios e exploraram tais locais.

A concorrência entre as nações caracteriza o que é o imperialismo

Por fim, as grandes potências europeias estiveram sempre em guerra entre si para obter mais territórios e riquezas. Essa concorrência levou à Grande Guerra Mundial, a qual é um exemplo de o que é o imperialismo.

Ideologias com base no Imperialismo

O que é o Imperialismo se não uma ideologia, não é mesmo? Ela envolve política e economia com o intuito de defender a expansão territorial de um país ou de uma civilização.

As nações que adotaram o imperialismo, baseavam sua política exterior na crença de que eram superiores às outras nações, e que isso dava direito até mesmo de influenciar sobre elas. Os defensores do imperialismo na Primeira Guerra Mundial argumentavam que as nações não civilizadas precisavam da tutela das grandes nações para prosperar.

ideologias com base no imperialismo
Fonte/Reprodução: original

Segundo eles, o imperialismo por meio da expansão territorial era uma forma legítima de proteger os interesses nacionais.

Finalmente, o que resta para o leitor e estudante de o que é o imperialismo na 1ª Guerra deve observar é o que teve como consequência. Por exemplo, as tensões e divisões na África, índia, Paquistão, e demais regiões afetadas com o que é o imperialismo.

Volte para mais estudos que abordam o que é o imperialismo, a Primeira Guerra Mundial antes e depois, e muitos outros tópicos que vão cair na sua prova ou pesquisa.

GOSTOU?! COMPARTILHE AGORA!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Wanderson Queiróz

Wanderson Queiróz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias populares

Leia também